Notícias que recomendamos sobre o setor

Atenção ISP: vêm aí novas obrigações da Anatel, e você precisa estar preparado

A partir de fevereiro de 2022, novas obrigações impostas pela Anatel passarão a valer para os ISPs. Com base nas informações divulgadas pela Agência Reguladora, o Grupo de Trabalho Anatel da InternetSul preparou este material informativo, que serve como alerta das preparações necessárias para que as empresas estejam em conformidade com o que passa a ser exigido pelo órgão:

Segundo o documento, fica instituída a coleta periódica de dados relativa à infraestrutura de rede de transporte das prestadoras dos serviços de telecomunicações de interesse coletivo.

É preciso conferir tratamento público aos dados coletados, ressalvadas as hipóteses de sigilo definidas pela Curadoria de Dados.

Também ficou estabelecido que o início de vigência da coleta será em fevereiro de 2022 e dar-se-á anualmente, sempre no referido mês.

Saiba mais sobre a Coleta de Dados de Infraestrutura de rede de transporte das prestadoras dos serviços de telecomunicações de interesse coletivo:

Para a coleta é necessária a identificação de cada estação envolvida no transporte de sinais de telecomunicações entre os municípios e aqueles com o exterior, incluindo o backbone.

PS: A título de esclarecimento, nem todas as estações das prestadoras deverão ser informadas, apenas as que servem de suporte para o transporte intermunicipal.

Curadoria de Dados: Gerência de Universalização e Ampliação do Acesso (PRUV/SPR).

Periodicidade da coleta: anual.

Limite de entrega: os arquivos deverão ser encaminhados à Agência até o dia 20 (vinte) de fevereiro de cada ano.

O sistema DICI (https://sistemas.anatel.gov.br/dici) será utilizado como ferramenta para a coleta dos dados.

Estrutura da Coleta: 4 (quatro) arquivos em formato CSV, utilizando a codificação de caracteres UTF-8 e separador de colunas “;” (ponto e vírgula).

Atenção:

Uma prestadora que não possui enlaces via satélite não deve enviar um arquivo correspondente a esses enlaces.

Uma prestadora que possui apenas enlaces contratados deverá enviar apenas o arquivo de estações e o arquivo relativo aos enlaces contratados.

A Anatel publicará, em seu sítio na internet, Manual Operacional com o detalhamento de conceitos e do preenchimento dos campos, exemplos práticos de preenchimento dos arquivos, além de perguntas e respostas que poderão servir de orientação para as prestadoras.

Acompanhe as novidades no site da InternetSul e nas nossas redes sociais.

Últimas Notícias

Afinal, o que é Churn Rate e que isso tem a ver com os ISPs?

Afinal, o que é Churn Rate e que isso tem a ver com os ISPs?

Por Rogério Couto, especialista e consultor na área de provedores* Traduzido para o português, Churn Rate quer dizer Taxa de…
Alexandro Schuck é o novo presidente da InternetSul

Alexandro Schuck é o novo presidente da InternetSul

A Associação dos Provedores de Serviços e Informações da Internet – InternetSul acaba de eleger sua nova diretoria, para a…

Saiba mais